FANDOM


Azgher
Azgher 2.png
Azgher

Outros Nomes

Aquele-que-Tudo-Vê, Vigilante [1]

Status

Vivo [2]

Ocupação

Divindade Maior [2]

Portfólios

Sol, Dia, Luz, Fogo, Viajantes, Povos do Deserto[1]

Sumo-Sacerdote

Raz-Al-Baddinn e Raz-Al-Ballinnn [3]

Primeira Aparição

Tormenta - 1ª Edição

Última Aparição

Sumo-Sacerdotes (web-enhancement)

Classe e Nível

desconhecidos

Tendência

desconhecida

Azgher é o Deus do Sol, do Dia, da Luz, do Fogo, dos Viajantes e dos Povos do Deserto, uma das vinte divindades maiores do mundo de Arton e uma das únicas criaturas presentes durante a criação do mesmo[2]. Ele representa tanto o calor agradável e necessário do sol quanto a fúria do deserto. Azgher é também o Vigilante, Aquele-que-Tudo-Vê - nada acontece durante o dia sem que ele saiba[1].

No início dos tempos, batalhou com Tenebra, a Deusa da Noite, pelo controle de Arton. Como a luta terminou empatada, o mundo recebe doze horas diárias de luz e doze de escuridão[4]. Azgher é um deus benevolente, mas também exigente e orgulhoso - sua caminhada diária pelos céus de Arton derrama calor e conforto sobre o mundo, e ele sabe disso. Azgher vê o planeta como um filho que merece cuidados, mas que também precisa mostrar respeito ao pai. Qualquer problema em Arton acontecido durante o dia é fato conhecido por Azgher: dizem que, entre os deuses, ele foi o primeiro a perceber a chegada da Tormenta[1].

Azgher é louvado pela tribo Sar-Allan, os guerreiros do Deserto da Perdição. Para alguns, ele também é conhecido como o deus dos viajantes (afinal, todos se orientam pelo sol quando perdidos dentro do deserto), embora ele seja pouco cultuado fora das áreas desérticas. Uma exceção entre os deuses maiores, ele possui dois sumo-sacerdotes: os gêmeos Raz-Al-Baddinn e Raz-Al-Ballinnn - que inclusive suspeita-se que possam ser seus filhos. Existem poucas ilustrações ou pinturas representando Azgher, mas a forma encontrada com mais frequência é uma silhueta humanóide envolta por uma claridade ofuscante. Seu símbolo, claro, é um sol[1].

Relações com o PanteãoEditar

No Panteão, ele tem boas relações com Khalmyr, Lin-Wu e Grande Oceano, e um ódio mortal por Ragnar e Keenn. Tenebra é sua grande inimiga, com quem duelou e empatou no início dos tempos para decidir quem reinaria em Arton, e com quem prossegue lutando por territórios e seguidores. A deusa da noite o odeia tanto que proíbe seus devotos de se mostrarem ao sol[1].

Ver TambémEditar

ApariçõesEditar

Notas e ReferênciasEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória