FANDOM


Khalifor
Khalifor 2.jpg
Khalifor antes de sua queda

Categoria

Cidade-Fortaleza [1]

Localização

Istmo de Hangpharstyth [2]

Coalizão

nenhuma

Regente

Conselho de Regentes, liderado por Ghallen Forandi[3]

Aliados

Gordimarr[2] (antigamente)

Inimigos

Aliança Negra[1]

Primeira Aparição

Dragão Brasil 50

Última Aparição

Linha do Tempo de Arton (site)

Khalifor é uma cidade-fortaleza na fronteira entre Lamnor e Ramnor, no sul do Istmo de Hangpharstyth[4], em seu ponto mais estreito. Seu nome, que significa forte de Khalil é uma homenagem a Khalil de Gordimarr, um expedicionário do antigo reino lamnoriano de Gordimarr que foi o primeiro desbravador do continente de Ramnor, ainda desconhecido em sua época. Temendo a selvageria encontrada por Khalil no continente-norte, o regente de Gordimarr na época (no ano de 750), Protas III, ordenou a construção de Khalifor para regular o trânsito entre os dois continentes[2].

Khalifor continuou como um posto avançado de Gordimarr por um longo tempo. Quando ocorreu a Grande Batalha, foi a responsável por garantir que os exilados não poderiam retornar a Lamnor, e manteve hostilidades com os mesmos por quase 100 anos após sua partida - até a paz ser instituída por Gillian Cloudheart, então sumo-sacerdotisa de Marah[2]. Seus habitantes, assim como os habitantes de Lamnor, conhecem o deus Khalmyr pelo nome de Hedryl[5].

A cidade-fortaleza era impressionante. Com seteiras bem protegidas, suas muralhas podiam abrigar arqueiros suficientes para lançar vastas chuvas de flechas contra qualquer exército em aproximação. E alguns conjuntos de catapultas e balestras, suficientes para derrubar até uma revoada de dragões, complementavam as defesas da cidade. Apesar de Khalifor ter sido construída originalmente para proteger contra ameaças vindas do norte, em tempos mais recentes havia sofrido reformas para acomodar mais seteiras, catapultas e balestras na face sul[6].

A Ameaça da Aliança NegraEditar

Mais tarde, o reino de Gordimarr foi destruído pela Aliança Negra e Khalifor se tornou uma cidade independente, sendo durante um período considerável o único obstáculo que impedia o exército de Thwor Ironfist de avançar ao continente de Ramnor. A posição geográfica e o terreno acidentado tornavam difícil o avanço do grande exército, mas os estrategistas militares da cidade-fortaleza sabiam que era questão de tempo até uma investida e fizeram todos os preparativos possíveis para o ataque do vagalhão humanóide[3]. Grupos de assaltantes goblins e hobgoblins tornaram-se muito comuns nas redondezas da cidade, enviados para interceptar caravanas de suprimentos[6].

A maior dificuldade encontrada foi a falta de apoio do Reinado. Os conselheiros de guerra de Balek III, governante supremo de Tyrondir (o reino imediatamente ao norte de Khalifor), recusaram-se a autorizar o envio de tropas para reforçar as defesas da cidade ao sul. A dificuldade de comunicações entre os dois continentes isolou Lamnor - apesar do massacre, poucas notícias confiáveis chegavam a Ramnor. Poucos sabiam exatamente o que estava acontecendo, e muitos nem mesmo acreditavam na existência de Thwor Ironfist, duvidando que um "estúpido bugbear" tenha conseguido unir todas as tribos humanóides[3].

Os estudiosos de Khalifor, bem mais próximos do problema, sabiam que a única solução era decifrar a misteriosa profecia que anunciava o nascimento e conquistas de Thwor, mas também sua queda e morte. Grupos de aventureiros foram enviados por toda Arton para investigar qualquer rumor sobre a flecha de fogo, sem sucesso[3], e um grupo específico inclusive foi contratado para se infiltrar nas fileiras da Aliança Negra[6], descobrindo os planos do General de utilizar uma imensa máquina de guerra, a Carruagem de Ragnar, para derrubar Khalifor[7].

Diante da ameaça e da passividade das maiores figuras de Arton, chegou-se a criar até mesmo rumores de que Ghallen Forandi, líder do Conselho de Regentes da cidade estaria disposto a fazer acordos com a Aliança Negra[3]. No entanto, seja como for, Khalifor também acabou caindo ante ao exército goblinóide, sendo conquistada e rebatizada com o nome de Ragnarkhorrangor e deixando Thwor Ironfist às portas do Reinado, à frente do reino de Tyrondir[1].

Localizações ImportantesEditar

Guildas e OrganizaçõesEditar

Habitantes NotáveisEditar

CuriosidadesEditar

  • Khalifor foi baseada na Torre do Alto Clerist, do cenário de Dragonlance. Enquanto Khalifor era a fortaleza que impedia a Aliança Negra de chegar à civilização, Alto Clerist impedia os dragões.

ApariçõesEditar

Notas e ReferênciasEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória