FANDOM


Lamnor
Lamnor.jpg
Lamnor

Categoria

Continente [1]

Localização

Sul do Istmo de Hangpharstyth [1]

Maiores Domínios

Aliança Negra [1]

Lamnor ou Arton-sul, o Reino Bestial, é uma gigantesca massa de terra, uma ilha-continente que já fez parte do continente de Ramnor mas que vem se afastando do mesmo há milhões de anos, através do movimento das placas tectônicas, sendo hoje ligado a ele apenas por uma estreita ponte de terra - o Istmo de Hangpharstyth[2].

A maior parte de seus habitantes se tratava de humanos de pele branca[3], e foi o berço das grandes civilizações e reinos que vieram a dominar o mundo. Seus tempos áureos acabaram com a Grande Batalha, após a qual inúmeras famílias nobres e seus vassalos fugiram e foram exiladas rumo ao até então selvagem e inexplorado continente norte, Ramnor[4], onde fundaram o reino de Deheon aos pés da Estátua de Valkaria e deram origem ao Reinado[5].

Lamnor é infestado de kobolds, goblins, hobgoblins, bugbears, orcs, ogros e outras raças de humanóides monstruosos que durante milênios fizeram do continente um sangrento campo de batalha entre suas tribos[2], ao mesmo tempo que travavam a Infinita Guerra contra a esplendorosa cidade élfica de Lenórienn. Tudo mudou quando Thwor Ironfist, o líder previsto por uma antiga profecia, conseguiu encerrar os conflitos menores e unificar as tribos, fundando a Aliança Negra[6].

Com seu exército, Thwor destruiu Lenórienn e fez com que a maioria dos elfos sobreviventes abandonassem o continente, abrindo caminho para a tomada de toda Lamnor pelo seu exército. Dos vilarejos de Fenn à cidade dourada de Nhardmaren, os goblinóides conquistaram todo o continente, inclusive a cidade-fortaleza de Khalifor, no Istmo de Hangpharstyth, e agora avançam rumo ao Reinado[2].

Situação AtualEditar

Hoje em dia o continente inteiro é um terreno em ruínas, infestado de monstros. Poucas casas e torres ainda permanecem em pé - muitas ainda escondendo tesouros e itens mágicos, deixados para trás pelo voraz exército goblinóide. Exceto pelas áreas de Tormenta, Lamnor é hoje um dos lugares mais mortíferos e perigosos do mundo. Atualmente, Lamnor é quase exclusivamente habitado por três espécies goblinóides (goblins, hobgoblins e bugbears) e algumas outras raças humanóides, como orcs, ogres e trogloditas[2].

Fora da Aliança Negra, há também um pequeno grupo de elfos que está reunindo outros sobreviventes de Lenórienn para formar uma pequena comunidade no extremo sul do continente e começar uma rebelião contra os goblinóides; além de um grupo de druidas de Allihanna que trava duras batalhas para proteger as florestas do continente contra a Aliança Negra[2]. Cultos a outros deuses (com a exceção de Ragnar), como Luna (o nome lamnoriano para Lena) e provavelmente Hedryl (o nome lamnoriano para Khalmyr) foram praticamente erradicados nos últimos anos[7].

Com a tomada quase total de Lamnor, antigos templos de outros deuses foram transformados em locais de adoração a Ragnar pelos goblinóides. Hoje em dia o poder de Ragnar é tão grande que a própria estrutura dos templos tomados é corrompida: igrejas de mármore branco hoje mostram-se enegrecidas. Muitos clérigos acham ser esta uma prova do aumento do poder de Ragnar nos últimos anos[7]. Os geógrafos da corte de Valkaria suspeitam da formação de uma área de Tormenta no sul do continente[2].

LocalizaçõesEditar

ReinosEditar

Estados IndependentesEditar

Outras RegiõesEditar

Notas e ReferênciasEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória