FANDOM


Niele
Niele.jpg
Niele

Status

Viva[1]

Ocupação

Arquimaga (impostora)[1]

Origem

Lenórienn[2]

Gênero

Feminino[3]

Espécie

Elfa [3]

Primeira Aparição

Dragão Brasil 49 (pré-Tormenta); Tormenta - 1ª Edição

Última Aparição

Linha do Tempo de Arton (site)

Classe e Nível

Barda 2[4]

Tendência

Caótica e Bondosa[4]

Niele é uma bela, exuberante e divertida elfa, que nasceu em Lenórienn no ano de 1306[2] e ficou conhecida como uma das mais poderosas arquimagas de Arton[1]. A realidade é que ela nunca teve a disciplina e paciência necessárias para praticar magia realmente, mas decidiu fingir ser uma maga assim mesmo. Essa farsa é facilitada por um poderoso artefato que Niele encontrou em uma aventura, o Olho de Sszzaas[4].

HistóriaEditar

Origens e o Encontro com Sandro GaltranEditar

Após o rapto da princesa Tanya (que boatos dizem ser sua prima[5]), Niele foi expulsa de Lenórienn, acusada de colaborar com os goblinóides[2]. Ela se mudou então para Malpetrim, onde mora na Estalagem da Águia Dourada, se apresenta na Estalagem do Macaco Caolho, é heroína local e autoridade máxima em magia. Já se envolveu em diversas aventuras, inclusive tendo adentrado a famosa Mansão de Zolkan[4] e expulsando um dragão marinho que ameaçava a cidade, ficando com seu Rubi da Virtude[6].

Niele acabou se envolvendo com o ladrão Sandro Galtran, que tentou roubar seu Rubi para ajudar a druida Lisandra em sua busca. Pega desprevenida, Niele perseguiu Sandro por Malpetrim, acabando por transformá-lo em um monstro gigante que ameaçou a cidade, matá-lo acidentalmente e em seguida ressuscitá-lo[6]. O ladrão então finalmente convenceu-a a ceder sua gema. Infelizmente, ela também insistiu em acompanhar Sandro em sua viagem até a ilha de Galrasia em busca de entregá-la para Lisandra[7].

Odara e os KoboldsEditar

Sem muita escolha, ele aceitou sua companhia e ambos começaram uma série de tentativas para se teleportar magicamente até Galrasia. Mas a elfa era incapaz de controlar o Olho de Sszzaas, e os dois acabaram inadvertidamente indo parar em vários lugares que pareciam visitados ao acaso, como as Montanhas Sanguinárias, o esconderijo de Mestre Arsenal, o navio de James K., Vectorius, Rei Thormy, Salini Alan, Doherimm...[7]. E acabaram retornando às proximidades de Malpetrim, bem a tempo de salvar uma jovem centaura de um ataque de kobolds[8].

A jovem salva se apresentou como Odara, uma xamã de uma aldeia de centauros próxima. Após uma mal-sucedida tentativa de negociar a paz com os kobolds ela teve seu tesouro mais querido roubado pelas criaturas: um Rubi da Virtude, revelando a Sandro e Niele que eles são em número de vinte. Os dois decidem subir o Planalto dos Kobolds para resgatar a gema. Sandro tenta negociar amistosamente com Auk, o xamã kobold, mas este não se mostra muito disposto a entregar seu novo tesouro. Preferindo uma abordagem mais agressiva, Niele consegue se transformar em urso e espantar os bichos, que deixaram para trás o Rubi[8]. Agradecida, Odara homenageou a dupla em sua aldeia, e contou-lhes a história dos Rubis da Virtude. Por fim, após receber uma mensagem em seus sonhos, ela pediu que levassem o Rubi para a druida Lisandra em Galrasia[9].

Niele e Sandro voltam para Malpetrim, onde descansam na Estalagem do Macaco Caolho antes de seguir para Galrasia. Os dois acabam tendo um breve envolvimento amoroso, mas a elfa faz questão de afirmar que acredita no amor de Sandro por Lisandra, embora o próprio ladrão não tenha ideia disso[10].

Desde então, a elfa se envolveu na busca pelos Rubis da Virtude, ajudando seus amigos Sandro, Lisandra e Tork. Os Rubis da Virtude eram necessários para ressuscitar o grande herói conhecido como "o Paladino" - o qual, por alguma razão, Niele odeia[1]. Em um dado momento, Niele e Sandro recuperaram também o Rubi da Virtude no Templo do Inseto-Rei de Petrynia, derrotando seu guardião, uma estátua animada[11].

Aparência e PersonalidadeEditar

Sua aparência marcante, com cabelos azuis, longas orelhas, patas ao invés de pés[6] e alguns dos maiores "atributos" do mundo tornaram Niele famosa nas cidades de Malpetrim, Vectora e em vários outros lugares. A elfa veste-se de forma exótica, apenas com tiras de couro e anéis de metal, e seu jeito espalhafatoso espalha animação por onde ela passa[1]. Ela contraria em muito o estereótipo amargurado de sua raça, resistindo às dificuldades com alegria[3]. Incapaz de levar qualquer coisa a sério, é a maga elfa mais alegre e extravagante de Arton[12].

Habilidades e EquipamentoEditar

Embora conheça apenas truques com cartas e algumas magias menores, Niele costuma acompanhar grupos de aventureiros em missões perigosas. Ela é uma impostora muito talentosa, e até agora tem sido bem-sucedida em sua divertida farsa de fingir ser uma maga poderosa - tudo isso graças a um "pequeno" segredo[4].

Niele carrega consigo um cajado mágico que encontrou em um templo durante sua primeira aventura. É feito de madeira fossilizada e tem a aparência de uma garra segurando um cristal esverdeado, com uma corrente ligando as duas extremidades. Este cajado é, na verdade, um dos mais poderosos artefatos de Arton; o cristal em sua ponta - o Olho de Sszzaas - era originalmente um dos seis olhos do antigo deus-monstro Sszzaas, atualmente desaparecido. Ninguém no mundo sabe identificar o Olho: ele foi criado muito antes do surgimento da civilização, e poucos chegaram a descobrir seu verdadeiro poder[4].

Até onde se sabe, o cajado é capaz de lançar qualquer magia existente (e até mesmo algumas inexistentes) quantas vezes quiser, com efeito e dano máximos! Apenas magos verdadeiros podem usar o poder do Olho, e Niele não é uma maga. Mas, por razões ainda desconhecidas, o Olho não aceita se afastar de Niele: caso seja tomado à força, roubado ou esquecido, ele simplesmente se teleporta de volta às mãos da elfa, sem que nenhum poder no mundo possa impedir. Além do Olho, Niele sempre anda também com suas braçadeiras de defesa[4]. Além disso, os habitantes de Malpetrim atribuem a ela a criação da magia Chuva Quente[13].

CuriosidadesEditar

  • Niele era um personagem jogador de Marcelo Cassaro na campanha de AD&D do seu grupo, que foi originalmente um elfo bardo que fingia ser um mago das vestes brancas de Dragonlance. Junto com Sandro (personagem de Sandro Gonçalves), era um dos dois únicos personagens do grupo durante uma aventura hilária que marcou a inauguração da Taverna do Macaco Empalhado[14];
  • Quando perguntada sobre qual é o sentido da vida, Niele apenas respondeu "Pudim de Ameixa!"[10].

ApariçõesEditar

Notas e ReferênciasEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória