FANDOM


Tanna-Toh
Tanna-Toh
Tanna-Toh

Outros Nomes

Guardiã da Mente; Mãe da Palavra[1]

Status

Viva [2]

Ocupação

Divindade Maior [2]

Portfólios

Conhecimento, Artes, Escribas, Bardos, Povos Civilizados[1]

Sumo-Sacerdote

Helladarion [3]

Primeira Aparição

Panteão - 1ª Edição

Última Aparição

Manual de Classes de Prestígio

Classe e Nível

desconhecidos

Tendência

desconhecida

Tanna-Toh é a Deusa do Conhecimento, das Artes, dos Escribas, Bardos e Povos Civilizados, uma das vinte divindades maiores do mundo de Arton e uma das únicas criaturas presentes durante a criação do mesmo[2]. Guardiã de todas as ciências, culturas, artes, idiomas e informações, foi ela quem ofereceu aos humanos o dom da escrita, marcando o início de sua civilização[4], e suas clérigas são as responsáveis por ensinar a maioria dos habitantes do Reinado a ler[1].

Tanna-Toh é protetora de todos os povos civilizados (entenda-se como "civilizado" um povo que conhece a linguagem escrita). Ela é reverenciada por escribas, bardos, magos, mestres do conhecimento e todos aqueles que devotam suas vidas ao estudo ou às artes. Venerada principalmente por humanos, elfos e anões, existem cultos a ela em quase todas as cidades de Arton. Recentemente, os tamuranianos também estão abraçando o culto a esta deusa, orando por sua ajuda para resgatar e preservar a cultura de Tamu-ra[1].

Entre os deuses, Tanna-Toh mais parece uma professora severa. Para ela, apenas os povos civilizados têm o direito de dominar Arton. Ela deseja preservar as artes e o conhecimento em tempos de guerra, evitando que ele se perca, e depois voltar a espalhar esse conhecimento em tempos de paz. Tanna-Toh despreza os povos e criaturas inteligentes que escolhem a ignorância e brutalidade - como goblinóides, orcs, ogres, gigantes e tantos outros. Em sua opinião, esses povos bárbaros precisam evoluir e aceitar novos costumes e culturas. Pela força, se necessário[1].

A sede de sua ordem fica localizada na Caverna do Saber em Yuden, onde o artefato Helladarion atua como seu sumo-sacerdote. O Helladarion foi uma criação sua em resposta à prece de seu primeiro devoto, Worn Desander, que temia que o conhecimento da humanidade se perdesse com a morte das pessoas e seu esquecimento. Assim, o Helladarion é capaz de armazenar o conhecimento de todos os clérigos e pensadores mortos, garantindo que sua sabedoria jamais seja perdida[1].

Relações com o PanteãoEditar

Como protetora dos povos civilizados, Tanna-Toh se encontra em oposição a Allihanna, a deusa dos povos bárbaros e primitivos - e também seu irmão Megalokk, deus dos monstros. Ela tem boas relações com Lin-Wu, Thyatis, Wynna e Valkaria[1].

Ver TambémEditar

ApariçõesEditar

Notas e ReferênciasEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória